Álbum “7” do Ira! está disponível em aplicativos de música

Compartilhe:

O álbum “7” do Ira!, lançado originalmente em CD em 1996 pela Paradoxx Music, está disponível para streaming em alguns aplicativos de música como Spotify e Deezer. Com isso, faltam somente “Você Não Sabe Quem Eu Sou” (1998), também lançado pela Paradoxx, e “Invisível DJ” (2007), lançado pela Universal Music, para que o catálogo da banda esteja completo nos aplicativos.

O álbum “7” foi o primeiro da banda fora da gravadora WEA, com a qual lançaram seis álbuns, de 1985 a 1993, e marcou a primeira participação de Johnny Boy – atual baixista do Ira! – nos teclados, que inclusive assina a autoria de “Quem Fim Levou Paris..!”, ao lado de Nasi. Outras composições do vocalista são “Te Odeio (Isso é o Amor)”, “Difícil é Viver” (junto do baixista Ricardo Gaspa) e a versão de “Haiô Silver” de Joe Turner.

Fazem parte do álbum as versões originais de “Eu Quero Sempre Mais” (ainda sem a participação da Pitty) e “O Girassol” (cantada por Edgard Scandurra). Ambas compostas por Scandurra, que vieram a fazer muito sucesso no “Acústico MTV” (2004). A música “É Assim Que Me Querem”, também de Scandurra, é um dos destaques, da qual o clipe chegou a ser lançado como faixa interativa de algumas edições do álbum. Ela foi relançada no álbum “MTV Ao Vivo” (2000). Scandurra também assina a faixa de abertura “Na Minha Mente”.

“Me Perco Nesse Tempo” é regravação da banda As Mercenárias, na qual Edgard Scandurra tocou bateria nos anos 1980. A banda ainda gravou versões de “Você Não Serve Pra Mim” de Renato Barros e “House of the Risin’ Sun”, clássico dos The Animals.

O álbum termina com uma gravação ao vivo de “Nasci em 62”, lançada originalmente no álbum “Clandestino” (1990), com a participação de Arnaldo Antunes. A produção do álbum ficou a cargo de R. H. Jackson.

A foto da capa foi feita por Ricardo Gaspa. Na contracapa do encarte do CD, está uma foto da histórica turnê japonesa do Ira!, em 1995, da qual existem lendas sobre a gravação de um álbum ao vivo, que não chegou a ser lançado por problemas técnicos, que comprometeram a qualidade do material.