O Homem Que Eu Amo

( Voluntários da Pátria )

 

Merecia um castigo
Pois eu amo os animais
Como é bom ser irascível
Nesse mundo não tem mais
Pessoas como eu

Fale me de ti, amigo
Tenho saco pra escutar
Bote na sua cabeça
Nesse mundo não há lugar
Pra gente como tu

Quero entender
O homem que eu amo
Compreender
Que nada me assusta mais

Para ser um analista
É preciso paciência
Como diz o Papa Paulo:
“É preciso ter coragem
Para amar o nosso Senhor!”

Salve a luz que ilumina
O meu coração febril
Não há nada que termine
Nesse mundo sempre tem
Um santo como tu