Um Homem Só

( Edgard Scandurra )

 

Ele é um homem que ninguém entende
Anda como um louco,
Não se dá bem com nenhuma gente
Sempre explosivo, nunca está contente
Briga com as pessoas
Sai chutando latas
Como uma criança bem mimada
O que nunca foi
O que nunca foi
O que nunca foi

Ele é um homem só
Contra todo mundo
O seu coração está um caco
Sem ter esperanças
Será que um dia encontrará a paz
Que nunca encontrou
Que nunca encontrou
Que nunca encontrou

Ele vai à praia
Se izolar da realidade
Mergulhar no alto-mar
E lá no fundo se perguntar
Aonde estão meu amigos

Olhe para mim
Eu tenho amor pra dar
Não sou tão ruim
Não quero ser um só
Somente um
Quero me expandir
Me multiplicar
Quero me espalhar
Como a areia se espalha pelo mar

Voltando à cidade
Com aflição e ansiedade
Sonha com biquinis
Com isabela, roseline
Mas é um homem só
Que não conhece a paixão
Suas namoradas são as suas mãos
Briga com as pessoas
Sai chutando latas
Como uma criança bem mimada
O que nunca foi
O que nunca foi
O que nunca foi
Nem encontrou
Nunca encontrou