O Amor Também Faz Errar

Compartilhe:

O Amor Também Faz Errar
(Edgard Scandurra)

Às vezes eu sinto que a vida é curta demais
Às vezes eu ajo por pura emoção
E na pressa da vida fui pular um buraco no chão
Tropecei e cai em profunda reflexão

Quando penso que deixo de lado a razão
E troco por tudo que diz meu coração
Sem querer resistir, me deixei cair na tentação
De desafiar e mudar meu futuro

Deixa a porta abrir
Deixe-me entrar
Deixe-me existir que tudo vai mudar
Deixe a porta abrir
E o cachorro entrar
Deixe eu me iludir
Que o amor vai voltar
Deixe-me na vida que você levar
E o destino dizer que tudo vai mudar
E se eu desistir tente me perdoar
Tente entender que o amor também faz errar
E acertar e errar e acertar…