Não Precisa Me Amar

( Edgard Scandurra )

 

Quando olho para trás
da maneira como me portei
logo penso em você
não precisa me amar

quantas vezes contra mim?
na surdina por minha destruição
agora olho pra você
não precisa me amar

eu gostava de você
mesmo com os seus pés frios
penso em seu coração
não precisa me amar

hoje tenho quem me quer
quem me aceita como eu sou
e você me fez tão mal
não precisa me amar

você quis separação
e eu fiz essa canção
não precisa me amar

se não quer o meu calor
não te quero como um refrigerador
não precisa me amar

não me importo 
se eu tomar vinte litros
de florais de bach
não precisa me amar

e o incrível nem falei 
que eu já te perdoei
não precisa me amar