Meu Cabelo

(Serge Gainsbourg/Michel Colombier - Versão: Arnaldo Antunes)

Elisa, Elisa
Elisa, agarra meu pescoço
Elisa, Elisa
Elisa, cata meus piolhos
Enfiando as unhas
E os delicados dedos
Na floresta
Desses meus cabelos

Que alisa, Elisa
Alisa e enrosca o meu cabelo
Elisa, Elisa
Escova e o divide ao meio
Faz algumas tranças
Vai me descabelando
Nós crianças
De treze e quatorze anos

Lisa, Elisa
Nós não ligamos pra ninguém
Elisa, Elisa
Um com o outro estamos bem
Teus vinte, meus quarenta
Se você pensa que isso 
me atormenta
Saiba que eu não ligo, Elisa