La Décadanse

( Serge Gainsburg / Vs. Edgard Scandurra )

 

Vire-se contra mim
E dance a decádanse
Lentamente na luz negra
União nessa dança lenta
Fique aqui atrás de mim
Balance a décadanse
E suas mãos em meus seios
Também tocam o meu coração
Oh, meu amor de todo o dia
Paciência
A décadanse
Nessa dança sem sentido
Provoco arrepios
Em seu ouvido
São os seus dedos
Que me levam
Aos passos da décadanse
Para além das águas turvas
Num abraço sem a menor decência
Meu amor você me ama?
- Te amo mais que antes
Nuances da décadanse
Mesmo que venha a morte
Levando nossas almas
E nossa sorte
Deus perdoe meus pecados, ofensas
A décadanse
A embalar nossos corpos
E nossas almas loucas
Deus perdoe
Nossos pecados e ofensas
A décadanse