Cê Não Vai Me Acompanhar

(Arnaldo Antunes/Edgard Scandurra)

Eu sigo só na minha onda
Ce não vai me acompanhar
Eu sigo o sol, não quero sombra
Nem ninguém pra me assombrar
Eu tô no dente da serpente
Eu tô na jaula do leão
Dançando na chapa quente do fogão
Vou sozinho em meu caminho
Cê não vai me acompanhar

Apaguei minhas pegadas
Pra você não me alcançar
Deletei minhas palavras
Pra você não rastrear
Sou mais um sobrevivente
Namorando a solidão
No meio de tanta gente sem direção

Meu caminho é só comigo
Cê não pode me acompanhar

Vou por fora dessa estrada
Pra ninguém me acompanhar
Hora certa, madrugada
Longe do seu doce lar
Tô na beira do acidente
Tô na boca do vulcão
Distante de tanta gente que tem razão

Eu tô no dente da serpente
Eu tô na jaula do leão
Dançando na chapa quente do fogão

Sou mais um sobrevivente
Namorando a solidão