A Dança do Soldado

( Edgard Scandurra )

 

Vai, soldado, vai, soldado e dança
Saia do armário, saia do armário e dança
Ao coração que arde nunca é tarde
Botar no rosto a felicidade
de um sorriso de criança

Vai, soldado, vai, soldado, dança
Saia do armário, saia do armário e dança
É certo acreditar no seu caminho
E seguido não estará sozinho
Mantenha a esperança
Oooooooooo vai, soldado, dança
Oooooooooooo, saia do armário e dança
Mantenha a calma, siga os seus preceitos
Jogue na mala sem alça os preconceitos
E se o seu pai não te aceita
A sua mãe lhe dá a receita
do seu creme de beleza
Oooooooooo vai, soldado, dança
Oooooooooooo, saia do armário e dança